Notícia

Até 2023, indústria brasileira terá que capacitar 10,5 milhões de profissionais

Pesquisa do Senai diz que 10,5 milhões de profissionais brasileiros precisam ser capacitados até 2023

O Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) divulgou uma pesquisa focada no futuro dos funcionários do setor industrial. De acordo com o levantamento, 10,5 milhões de brasileiros terão que passar por uma capacitação profissional até o ano de 2023.

Esse número diz respeito a trabalhos de diversos setores e não apenas aqueles ligados à tecnologia. No entanto, essa necessidade aparece justamente porque os processos tendem a se modernizar com o tempo. Além disso, alguns trabalhadores se retirarão do mercado (por aposentadoria ou desligamento), ou seja, esse mapeamento indica a importância de cursos de reciclagem ou aperfeiçoamento.

Leia também: A revolução da indústria de manufatura com IA, IoT e novas tecnologias

Os profissionais que precisarão passar por algum tipo de capacitação são tanto aqueles com formação técnica quanto os que possuem nível superior de ensino. O gráfico abaixo mostra o crescimento, em porcentagem, no número de empregados em determinadas áreas:

Crescimento do número de empregados segundo a pesquisa do Senai sobre capacitação profissional dos brasileiros

O setor de informática é o que mais terá postos de trabalho para o ensino superior, com 368 mil; já para o nível técnico, a área que se destaca é logística e transporte, com 495,2 mil.

Com informações do LinkedIn, Folha de São Paulo e Agência Brasil.

Publicações relacionadas
Notícia

Frontiers Unlocked — Evento online da MIT Sloan Review Brasil acontece de 5 a 7 de maio

Notícia

Rock Content e Revista HSM convidam Daniel Martins de Barros para webinar ao vivo sobre saúde mental na quarentena

Escolhas do EditorNotícia

Rock Content e MIT Sloan Management Review convidam Silvio Meira para webinar ao vivo sobre liderança digital

Notícia

Tracxn apresenta o Soonicorn Club of Brazil, lista com as cinco startups fintechs brasileiras para se prestar atenção