Artigos

Líderes precisam mostrar a importância de Business Intelligence para os liderados

A importância do business intelligence para colaboradores

Business Intelligence já é um termo rotineiro na vida de gestores modernos. É o conceito responsável por criar estratégias administrativas, financeiras e operacionais que não seriam sequer imagináveis uma década atrás.

Mas será que esse mesmo entendimento está sendo repassado para as outras camadas de hierarquia dentro da empresa? Incentivar a utilização de Business Intelligence para colaboradores aumenta exponencialmente a capacidade criativa e de resolução de problemas em um negócio.

Líderes precisam mostrar a importância do Business Intelligence para os colaboradores

A popularização do BI mudou muito o perfil de liderança dentro das empresas, mas ainda é possível encontrar resistência em posições-chave de direção com conceitos muito ultrapassados do que esse poder significa. É claro, Business Intelligence é uma arma de gestores, mas isso não significa que ela precise estar limitada a eles.

O verdadeiro poder desse conceito está na integração e na conexão entre ideias, insights e dados do máximo de fontes possíveis dentro e fora do escritório. No centro dessa discussão está a capacidade de tomada de decisões. A tendência para o mercado, no futuro, é que esse tipo de proatividade para analisar e se adaptar a mudanças, por menor que sejam, esteja capilarizada e decentralizada na rotina de um negócio.

É só pensar na quantidade de informações e na possibilidade de interações entre elas em apenas um dia de trabalho. Quantos departamentos poderiam utilizar os mesmos dados, de maneiras diferentes, para otimizar sua própria produtividade e sua inter-relação dentro de toda a cadeia? Para isso, gerentes de diversas camadas e, até mesmo, colaboradores que respondem a eles, precisam do mesmo acesso à Big Data do que os diretores mais altos.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Em pesquisa feita pela Boston University, 47% dos profissionais em diversos níveis de atuação responderam que limitações de acesso ao BI podem diminuir sua habilidade de tomar decisões.

Portanto, esse é o caminho para o verdadeiro empoderamento de colaboradores no futuro: demonstrar o quanto Business Intelligence passa a influenciar o trabalho de todas as esferas de um negócio e entregar as ferramentas necessárias para que eles consigam fazer parte dessa estratégia.

Business Intelligence é uma ferramenta que pode ser usada todos os dias

Como BI ainda é um assunto relativamente novo, muitas empresas tratam como um processo especial, com uma série de precauções e limitações. É claro, a empresa precisa investir em infraestrutura e proteção para manter seguros seus ativos. Mas, a partir daí, é necessário também conceder acesso simples e ágil a todo o poder que os dados dão para a tomada de decisões em qualquer cenário possível.

Ou seja, o segredo é saber controlar as informações, não impedir que os colaboradores as acessem. É mais uma ferramenta fundamental para o trabalho de todos, assim como um editor de texto ou planilhas.

Só com essa nova percepção sobre o assunto é possível garantir competitividade no futuro. Para se ter uma ideia dessa corrida, 24% dos negócios de médio porte na pesquisa da Boston University já consideram como principal ganho da gestão analítica um acesso mais rápido a insights provenientes de dados.

Nesse cenário, não dá para esperar que haja uma requisição do colaborador até a direção sobre essas informações para que sejam analisadas e reportadas de volta. O acesso pulverizado ao BI é a verdadeira resposta para o futuro do mercado.

Colaboradores precisam entender os benefícios acerca do Business Intelligence

Mas como aceitar e convencer todos os colaboradores dessa importância? Como fazer com que eles participem desse processo e busquem a capacitação e a motivação para incluir BI em suas rotinas? Essa é a verdadeira função de um líder: guiar seus comandados sem vendar seus olhos. Argumentar e ponderar argumentos. É uma via de mão dupla.

Por isso, é vital ter essa conversa e apresentar para todos os colaboradores os benefícios do Business Intelligence em suas rotinas. A pesquisa estadunidense aponta os principais que podem ajudar nesse convencimento.

Um investimento com retorno em todas as áreas

Quem considera BI como um gasto secundário na empresa, tem seu negócio com os dias contados. Inteligência e gestão de dados são investimentos prioritários para a competitividade no futuro, pois dão mais retorno na medida em que são incluídos mais profundamente em toda a operação de um negócio.

A pesquisa aponta que 12, das 20 áreas que requerem suporte tecnológico, hoje, podem ser abordadas pelo BI. Mais do que isso, o acesso rápido à informação é o verdadeiro motor competitivo das empresas do futuro.

Aprimoramento do relacionamento com o cliente

Quantos departamentos dentro de um negócio precisam conhecer a fundo o cliente para realizar seu trabalho? São muitos: setores de vendas, de relacionamento, até setores criativos, que precisam entender de sua persona para atingir o consumidor certo, na hora exata.

Permitir o acesso controlado ao BI em todos esses braços facilita o alinhamento de estratégias e agiliza a adaptação a novas oportunidades de mercado, aumentando o lucro e reduzindo as vendas perdidas.

Uso mais consciente de recursos

Cada colaborador sabe o que precisa para realizar especificamente seu trabalho: recursos físicos, computacionais, tempo e, claro, dinheiro. Por que, então, não dar a ele o poder de focar a otimização de seus próprios processos e, assim, otimizar os gastos?

É impossível para um gestor apenas conseguir uma visão tão micro em cada função dentro do negócio. É o tipo de poder que, quando delegado, aumenta em muito a eficiência operacional de uma empresa.

Decisões de negócio mais rápidas e mais criativas

Toda a conversa sobre otimização, eficiência e economia de recursos precisa chegar nesse ponto central. O verdadeiro empoderamento por Business Intelligence está no entendimento de que cada colaborador pode ser um líder de inovação em potencial.

O acesso estruturado à Big Data facilita a análise e a tomada de decisões. Agiliza a identificação de oportunidades e nichos e mostra caminhos claros para que a empresa se adapte o quanto antes.

Constante adaptação, cultura de inovação e criatividade são aspectos fundamentais para a competitividade do futuro. É impossível ter esse poder de transformação tão importante tentando acumulá-lo inteiramente em poucas mãos. O Business Intelligence para colaboradores é uma revolução disponível para todos.

Publicações relacionadas
Artigos

Treino em casa é saída para consumidores e empresas

ArtigosPesquisas

Pesquisa do Olist traz faz um panorama do setor de marketplaces e mostra tendências e oportunidades

Artigos

Mesmo com a pandemia, os consumidores estão confiando na sua marca?

Artigos

Seus liderados devem ser apreciados — e não é difícil fazer isso