CasesEntrevistas

Blog da Ri Happy reforça a importância do brincar na vida das crianças

Ri Happy cria o blog Modo Brincar

A brincadeira faz parte, ou deveria, da vida de toda criança. Por meio do brincar é possível aprender a reconhecer cores e formas, e até desenvolver a coordenação motora. Seja no quarto, na sala de estar, seja mesmo no banho, a criança que brinca evolui sua cognição. Parte do universo dos brinquedos, a Ri Happy entendeu a importância de falar sobre o assunto para os responsáveis pelos pequenos.

Antes mesmo da pandemia atingir altos níveis, a brincadeira sempre foi não apenas uma forma de aprendizado, mas também de escape. É importante que as crianças possam usar a imaginação e isso ajuda neste momento em que os adultos precisam ficar em casa com a meninada.

Por ser uma marca feita para os pequenos, a Ri Happy criou o blog Modo Brincar, que explica a importância das brincadeiras para quem cuida deles.

Crianças e responsáveis são parte da mesma conversa

A Ri Happy entende o valor de ver o mundo como uma criança. Somente a partir desse olhar é possível celebrar a infância. Por isso, o Modo Brincar também é aberto para incluir a criançada na conversa.

“A intenção da Ri Happy é conversar com a criança também, não só com os responsáveis. Quando mais velhos, os pequenos também podem ler esse conteúdo”, conta Julia Gurgel, Analista de Planejamento da Rock Content que trabalha no projeto.

É comum que os pequenos ajam como porta-voz de algum brinquedo e eles mesmos podem mostrar aos responsáveis aquilo que procuram. Nessa relação, os adultos que respondem pelas crianças têm ainda mais a ganhar com os conteúdos do blog.

Buscar informação sobre um produto vai além do valor monetário, e também deve considerar como aquele brinquedo pode se encaixar na vida da criança. Ele desenvolve mais o raciocínio lógico? Ou o foco é a criatividade?

“O consumidor tem que entender todas as características do produto que vai comprar, o que ele desenvolve na criança, etc”, disse o Gerente de Marketing Digital da Ri Happy, Leo Braga. “Por isso, o marketing de conteúdo é primordial para o mercado infantil como um todo. As pessoas zelam pelos filhos e demais crianças de seu círculo social. É papel do mercado instruí-las sobre o que estão comprando”.

Além de falar sobre os brinquedos em si, o blog Modo Brincar também é uma maneira de mostrar aos responsáveis as verdadeiras vantagens da brincadeira. A ideia central do projeto é fazer com que as pessoas entendam o quanto se divertir modifica a vida de uma criança. Com isso em mente, a Ri Happy dá dicas para desenvolver a imaginação dos próprios adultos com conteúdos como caça ao tesouro, leitura e, ainda, brincadeiras antigas.

A marca trilha um caminho para ser vista como um potencializador de brincadeiras e também formador de opinião — não somente como uma varejista. O posicionamento de maneira construtiva na vida do consumidor agrega valor a todas as ações da empresa. Oferecer um conteúdo relevante e genuíno cria uma lembrança de marca a longo prazo e mais do que lembrar, incute também confiança, valor que precisa ser desenvolvido com afinco em todas as estratégias de marketing.

As mãos que dão vida aos conteúdos

Com um projeto tão especial em mãos, Giovanna Hespanhol, Analista de Produção da Rock Content, ficou responsável por procurar os talentos da empresa que iriam escrever para o blog Modo Brincar. A importância no diálogo e aproximação com os adultos que já responsáveis por crianças era um ponto essencial de todo o desenvolvimento dos conteúdos, então Giovanna pensou no valor que seria agregado ao projeto se os redatores tivessem vivência com os pequenos, especialmente os mais novos.

Nessa procura, a Analista de Produção montou um time composto inteiramente por mães. “Eu fiz a busca na nossa comunidade online, pela plataforma que utilizamos para ficar em contato com os talentos, porque lá sempre tem tópicos sobre redatoras mães”, explicou. “Depois da seleção, que ficou composta inteiramente por mães, eu já recebi um e-mail de uma delas dizendo que ela sempre teve muita admiração pela Ri Happy, que é um projeto que ela fica muito feliz de fazer parte”.

Esse cuidado faz com que os conteúdos tenham uma visão mais profunda sobre o leitor que chegará ao blog, o que leva aquilo que é escrito passar por um processo interno de individualização e ser algo mais sensível. É como se o próprio consumidor escrevesse para o consumidor.

A escolha dos talentos conversa diretamente com o que a Ri Happy acredita e pratica. “Essa iniciativa e busca por mães e outras pessoas que tenham o mesmo desafio dos nossos consumidores é uma peça chave para que a gente consiga atender uma necessidade real do consumidor por meio de conteúdo”, falou Leo.

O Gerente de Marketing Digital da marca ainda deu outro exemplo desse posicionamento, que vai além da prestação de serviços.

“Temos uma submarca dentro do grupo Ri Happy, a Ri Happy Baby, em que todas as funcionárias são mães. Todas elas trabalham meio período para que tenham tempo de cuidar dos filhos e definimos isso justamente para que elas pudessem se recolocar no mercado de trabalho sem sacrificar o desenvolvimento das crianças”.

O blog Modo Brincar é uma forma da marca expandir seu posicionamento. A brincadeira ajuda a descoberta de novas possibilidades, seja para aprender, desenvolver laços ou, claro, se divertir. Tanto as crianças quanto os responsáveis por elas devem compreender essa mensagem. E a Ri Happy estará lá para ajudar nessa missão.

Para descobrir iniciativas de outras empresas, explore nossa seção de Cases.

Publicações relacionadas
Entrevistas

Em busca da fama — CEO d’OFuxico conta para Vitor Peçanha suas estratégias de marketing em entrevista exclusiva

Entrevistas

Rand Fishkin e Rock Content: veja os highlights da entrevista que tivemos com o fundador da MOZ

ArtigosEntrevistas

Inteligência Artificial é o segredo para um recrutamento ágil

Entrevistas

Diretora do Grupo Wilson Sons conta como uma companhia B2B com mais de 180 anos no mercado lida com o marketing digital