ArtigosCasesEntrevistas

Rock Content desenvolve produto único para a OLX

Portal de conteúdo profissional da OLX foi desenvolvido pela Rock Labs

Em uma empresa com serviços e produtos bem delimitados, é comum que não haja muita possibilidade para inovação, além dos processos que já estão estabelecidos. O Rock Labs, responsável por desenvolver o portal de conteúdo profissional da OLX, é um ponto fora da curva nesse cenário.

O time de tecnologia da Rock Content tem como objetivo criar soluções que não necessariamente fazem parte do escopo de entrega da empresa. Ele funciona como um laboratório, em que a organização entende a necessidade de outra companhia e age para que uma resolução tecnológica ganhe forma.

Foi isso que aconteceu com a OLX. A companhia tinha uma necessidade específica e o Rock Labs desenvolveu um produto único para ela, o Negócios Online.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Portal de conteúdo profissional da OLX dá suporte aos vendedores

O Rock Labs é um time relativamente novo. Criado no terceiro semestre de 2018, ele é um espaço para inovação tanto para a Rock Content quanto para outras empresas. Demandas específicas são desenvolvidas por um time focado em tecnologia e disposto a desenvolver novas soluções em marketing.

O portal de conteúdo em questão foi um desses produtos criados pela equipe. Apresentado no RD Summit 2019 por Phillip Klien, Chief of Growth Officer da OLX, o objetivo era criar um portal que ajudasse, em um primeiro momento, os vendedores brasileiros da categoria de automóveis e imóveis. Com o tempo, a ideia é expandir para diversos segmentos que possuem venda profissional na OLX.

“Hubs de conteúdo ainda não são tendência no Brasil, mas depois da OLX, talvez comece a ser”, conta Ana Mendes, Gerente de Projetos do Rock Labs na época do desenvolvimento. Por isso, o processo buscou olhar para players internacionais que já trabalham de alguma forma nessa frente. Mesmo assim, isso também foi um desafio. “Não há tanta referência de hubs de conteúdo”, confirma Ana.

Para a OLX uma das preocupações era que, independente de como o portal ganhasse forma, ele precisava passar um valor de tecnologia para o usuário. Com essa missão em mente, hubs de conteúdo desse setor ajudaram muito o time do Rock Labs a entender bem para que lado seguir.

Algumas das referências estrangeiras foram o portal da American Express, Intel e Wistia. Marketplaces de vendas também também serviram de inspiração. Ainda que dentro da estrutura haja produtos para serem vendidos, e não tem foco em marketing de conteúdo, a disposição das informações conversava com o que o time do Rock Labs e a OLX buscavam para o produto final.

O blog antes do hub

Antes de a OLX decidir que um hub de conteúdo fazia sentido dentro da proposta de marketing de conteúdo da empresa, a organização criou um blog focado no setor automotivo. Foi como um test drive para saber se os vendedores da plataforma iriam aderir a essa ideia e consumir os posts.

Enquanto o blog estava no ar e era alimentado, a empresa fez uma grande pesquisa por todo o Brasil para saber qual a relação dos seus vendedores com o mundo digital. Nesse roadshow que aconteceu em 2018 e passou por cinco estados, foram visitadas mais de 10 cidades, 30 lojas e mais de 100 pessoas foram entrevistadas, o que gerou cerca de 800 horas de entrevista para análise.

Dessa pesquisa, a OLX entendeu que os vendedores não estão aptos à digitalização que o mercado vem exigindo. Mais do que falar apenas para a audiência comercializadora de automóveis, a empresa entendeu a necessidade de expandir para outros públicos que também fazem parte do seu comércio eletrônico.

“Quando começou 2019, resolvemos expandir nossa oferta de conteúdo para outras áreas. Já havíamos entendido que vendedores profissionais de todos os segmentos poderiam estar a procura de digitalização”, explica Daniella Santos, Analista de Marketing B2B da OLX. Outra preocupação era a de ajudar os vendedores a lidarem melhor com o consumidor que já chega munido de informações. “Hoje no Brasil não há ninguém explicando para o vendedor como ele pode vender melhor. Nós fomos para um lado meio inabitado, porque queríamos fazer a diferença”, completa.

Alinhamento entre Rock Content e OLX foi primordial para o sucesso do portal

A empreitada do portal de conteúdo foi guiada por uma filosofia clara sobre os objetivos do inbound marketing. Tanto a OLX quanto a Rock Content entendem que o marketing de conteúdo é feito totalmente para resolver problemas do usuário que faz as buscas com isso em mente.

Ambas as empresas se empenharam para que o portal de conteúdo fosse o melhor lugar para os vendedores da OLX sanarem suas dores sobre o momento de comercializar. “Foi uma parceria muito legal a que fizemos. Houve muita vontade de fazer o projeto acontecer”, conta Daniella.

Por ora, o portal de conteúdo é focado em donos de pequenas imobiliárias e concessionárias, bem como aquelas pessoas que fazem revendas pequenas. Corretores autônomos e Gerentes de Marketing também se beneficiam do conteúdo, esses últimos principalmente pela necessidade de treinar seus vendedores e indicar um lugar confiável com boas dicas de pós-vendas.

O plano principal é expandir para conteúdos que atendam outras pessoas também. “Entendemos que a OLX é um market place horizontal e sempre será. É muito fluida a nossa audiência dentro do site”, analisa Daniella. A multiplicidade de públicos, de quem compra e também comercializa, já está no DNA na plataforma de vendas. “Quem procura uma casa nova hoje pode ser a pessoa que teve um filho e antes estava procurando um berço. Em geral, quando olhamos para quem comercializa, isso também acontece. Tem vendedores profissionais em todas as categorias”, finaliza.

Hub de conteúdo da OLX é um sucesso para todos os envolvidos

Em quase 3 meses, o hub de conteúdo da OLX já mostra resultados proeminentes. Atendendo a todos aqueles que vendem automóveis, imóveis e outras categorias variáveis, ele já superou 50 milhões de visitantes. O número de leads foi mais de 1000.

Com os dados iniciais que já foram colhidos, a aposta da OLX de ir além da forma tradicional dos blogs já se confirmou acertada. Com o tempo, a empresa pretende começar a abordar outras verticais, justamente para conversar com a proposta atual da plataforma de comércio eletrônico, que é um grande marketplace. Mais de 6 milhões de pessoas acessam a OLX diariamente.

Para o time da Rock Content que desenvolveu o portal, o projeto também já se destacou. Como foi o primeiro produto do tipo que o Rock Labs criou, a parceria permitiu que novos processos fossem desenhados com a finalidade de serem reproduzidos em demandas semelhantes.

Enquanto espaço para inovação, o desafio do Rock Labs é justamente mapear os pontos que podem ser aplicados em outros produtos criados futuramente, já que segundo Ana Mendes, “Para cada projeto, tem uma definição diferente”.

Para saber sobre iniciativas interessantes de outras companhias, explore nossa seção de Cases.

Publicações relacionadas
Artigos

Treino em casa é saída para consumidores e empresas

ArtigosPesquisas

Pesquisa do Olist traz faz um panorama do setor de marketplaces e mostra tendências e oportunidades

Artigos

Mesmo com a pandemia, os consumidores estão confiando na sua marca?

Artigos

Seus liderados devem ser apreciados — e não é difícil fazer isso